VEÍCULOS

Aposta na competitividade: picape 100% elétrica Pickman

Por preços a partir de R$ 48.970, este é o primeiro produto da marca chinesa Kaiyun Motors no Brasil

Kaiyun Motors Pickman - Divulgação Kaiyun Motors Pickman - Divulgação

A Kaiyun Motors, startup chinesa que fabrica veículos 100% elétricos fundada em 2014 pelo designer e empresário Wang Chao na cidade de Xingtai, está desembarcando no Brasil. O modelo escolhido para essa chegada é a Pickman, que será a primeira picape elétrica produzida em série vendida nos Estados Unidos, onde também chegará às lojas ainda este ano. Trata-se de uma picape compacta, 100% elétrica, com capacidade de carga de até uma tonelada ou reboque de até três toneladas, dependendo da versão. Além da China e da estreia já agendada para os mercados dos Estados Unidos e do Brasil, o utilitário já é comercializado na Europa, Austrália e em alguns países da América do Sul. No Brasil, o preço da Pickman parte de R$ 48.970 na versão Club e chega a R$ 58.573 na Spade. A pré-venda se inicia em 3 de fevereiro e as primeiras entregas estão previstas para março.

Ambas as versões têm exatamente as mesmas dimensões. Com capacidade para duas pessoas e um estilo minimalista, que remete ao dos caminhões de brinquedo, a Pickman tem 3,48 metros de comprimento, 1,48 metro de largura e 1,55 metro de altura, com distância de entre-eixos de 2,32 metros. A caçamba tem 1,62 metro de comprimento, 1,25 metro de largura e 30 centímetros de altura. A capacidade máxima de carga útil é de 500 quilos ou mil quilos, dependendo da versão. A carroceria e a caçamba são feitas em chapa metálica. As rodas em aço são aro 12, com pneus 145 R12.

Inicialmente, a Pickman será comercializada no Brasil apenas para uso em propriedades particulares, em uma versão sem airbag – pela lei brasileira, desde o início de 2014, o dispositivo de segurança tornou-se obrigatório para carros novos que circulem em vias públicas. Por enquanto, os veículos vêm prontos da China, mas a Kaiyun Motors já planeja montagem da Pickman na cidade goiana de Goianésia a partir de 2021, quando será iniciada a comercialização do utilitário na versão com airbag, habilitada para rodar em ruas e estradas. Existem apenas versões com cabine simples e tração traseira, no entanto, está prevista a produção de uma versão com cabine dupla e também uma com tração 4x4.

O motor elétrico assíncrono de corrente alternada da Pickman é de 4 kW (5,4 cavalos) na versão Club e 5 kW (6,7 cavalos) na Spade, levando o veículo à velocidade controlada de 50 km/h na Club e de 60 km/h na Spade. A autonomia é de 110 quilômetros com uma única carga nas baterias na versão Club e de 120 quilômetros na Spade. Instaladas centralmente, as baterias podem ser recarregadas em qualquer tomada de 127/220V ou até mesmo em placas solares, o que facilita ainda mais o seu uso no meio rural. Por se tratar de um modelo 100% elétrico, a Kaiyun afirma que praticamente não há despesas com manutenção. E, como é um modelo direcionado apenas para uso em propriedades particulares, fica livre de despesas com licenciamento, IPVA e demais taxas.

A picape elétrica da Kaiyun Motors vem de série com rádio com entrada USB, painel de instrumentos em leds, faróis e lanternas em leds, suporte para celular, modo Eco para redução do consumo de eletricidade e um compartimento frontal de 62 litros pode ser usado para transportar objetos menores. Além dos itens presentes na versão Club, a versão Spade incorpora travas e vidros elétricos, limpador de para-brisa com pulverizador de água, aproveitamento de energia de frenagem, ar-condicionado, monitor “touchscreen” e câmera de ré. O veículo pode ser incrementado com acessórios originais oferecidos pela Kaiyun, que incluem estribo lateral, farol de neblina, central multimídia, rack de teto e engate para reboque.

Com tração traseira e altura de 15 centímetros em relação ao solo, a Pickman é recomendada pela Kaiyun Motors para uso no agronegócio, fazendas, resorts, reservas florestais, indústrias e outras grandes áreas fechadas. Apesar de ser um modelo de baixa manutenção, a Kaiyun Motors do Brasil afirma que tem estoque de peças para reposição e pretende nomear vinte revendedores ainda em 2020. A marca chinesa oferece garantia de doze meses e um Certificado de Recompra, no qual garante a recompra da Pickman usada na troca por uma nova, com preço definido por até dois anos. No mercado brasileiro, a Pickman enfrentará a picape iEV300P e o caminhão iEV1200T, veículos elétricos da também chinesa JAC Motors, que iniciam as vendas ainda no primeiro semestre deste ano. Mais informações sobre a Pickman podem ser obtidas no site www.kaiyun.com.br.

Comentários