AVC mata seis milhões de pessoas por ano no mundo

11/07/2018 12:30 Saúde
Foto: Guilherme Batista
Foto: Guilherme Batista

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelaram que o AVC (Acidente Vascular Cerebral) é responsável por seis milhões de mortes por ano no mundo. Os números superam as mortes por AIDS, malária e tuberculose juntas. Segundo o Ministério da Saúde, o AVC é a segunda principal causa de morte no país.

No Hospital de Base em Rio Preto, as internações caíram em 14,3% de 2016 para 2017. O número de óbitos também reduziu de 12,5% para 12,1%. Foram 99 mortes em 789 internações em 2016, contra 82 mortes em 676 casos em 2017. “Temos um ambulatório para pacientes que tiveram AVC e foram atendidos no hospital. Nesse local nós definimos a etiologia desses AVC, tiramos dúvidas das famílias e acompanhamos a recuperação do paciente”, explica Mariana Neves Marques Battaglini, chefe da unidade de AVC do hospital. A médica ainda conta que o ambulatório atende aproximadamente 100 pacientes por mês.

“A principais causas do AVC são a diabetes, hipertensão e colesterol. Mas esses não são os únicos fatores. Hoje temos jovens tendo AVC sem ter nenhuma destas etiologias”, afirma Mariana, revelando que tem aumentado o número de jovens com o transtorno. “Com relação aos sintomas em casos de circulação anterior, geralmente a pessoa começa ter dificuldade pra falar, a boca fica torta, o braço pode pesar e ficar paralisado. Já em casos circulação posterior é um pouco mais difícil de ser avaliado. O paciente pode ficar com tontura, dificuldade de ter uma coordenação adequada e dificuldades para engolir”, completa Mariana.

De acordo com o Ministério da Saúde, os AVCs são classificados como hemorrágico ou isquêmico, sendo este último o mais frequente, representando 85% dos casos. “Existem fatores que podem ajudar a prevenir como: parar de fumar, uma boa alimentação e praticar atividades físicas”, finaliza a médica.

(Colaborou: Vinicius LIMA)

Fonte: De Hoje

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.