PRF encontra 157 quilos de maconha sob lataria de veículo que seguia para SP

Fabiano Roecker, condutor do carro foi autuado em flagrante por tráfico internacional de drogas.
15/05/2019 05:51 Policial
Policial retirando os tabletes de droga encontrados sob a lataria do Gol. (Foto: Divulgação/PRF)
Policial retirando os tabletes de droga encontrados sob a lataria do Gol. (Foto: Divulgação/PRF)

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) prendeu, nesta segunda-feira (14) um homem flagrado transportando 157 quilos de maconha que estavam em fundos falsos sob a lataria do veícul Gol, abordado pela PRF(Polícia Rodoviária Federal) na rodovia entre Ponta Porã e Dourados, a mais de 233 quilômetros de Campo Grande. 

O suspeito, identificado como Fabiano Roecker seguia viagem com sua esposa. Ao serem abordados no posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal, ambos disseram que teriam ido até Ponta Porã para rever amigos e fazer compras. A versão, no entanto, não convenceu os agentes que resolveram fazer uma busca no interior do veículo.

A princípio nada foi localizado no porta-malas, porém, havia marcas na lataria do carro que sugeriam que nele, havia um fundo falso. Durante as bucas, foram encontradas nas laterais das portas do veículo vários tabletes de maconha, assim como no painel e atrás do para-choque traseiro.

Diante do flagrante, Fabiano Roecker que era morador de Alta Floresta no Mato Grosso, admitiu ter sido contratado por uma pessoa desconhecida para ir até Ponta Porã onde pegou o carro já preparado com a droga e que o levaria até São Paulo, Capital.

Pelo transporte ele receberia R$ 3 mil. À polícia o suspeito também disse que a sua esposa não sabia que no carro havia a droga. Ele foi encaminhado à Polícia Federal onde foi autuado em flagrante por tráfico internacional de drogas.

Fonte: Adriano Fernandes e Helio de Freitas / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.