MOTORISTA COM SINAIS DE EMBRIAGUEZ CAUSA ACIDENTE E É PRESO EM FLAGRANTE

09/09/2018 07:57 Policial
MOTORISTA COM SINAIS DE EMBRIAGUEZ CAUSA ACIDENTE E É PRESO EM FLAGRANTE
MOTORISTA COM SINAIS DE EMBRIAGUEZ CAUSA ACIDENTE E É PRESO EM FLAGRANTE

Um acidente seguido de capotamento em uma das principais avenidas de Araçatuba deixou o trânsito bastante complicado na noite de sexta-feira (07), feriado de Independência. Um motorista sob efeito de álcool atingiu a traseira de outro automóvel e capotou em seguida. Ele foi preso em flagrante por embriaguez ao volante.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a batida ocorreu pouco depois das 19h no cruzamento das Avenidas Odorindo Perenha com a Waldir Felizola de Moraes. O vendedor, de 35 anos, conduzia o automóvel GM/Corsa e logo à frente estava o carro Fiat/Palio de uma estudante de 22 anos. Os dois completavam a conversão em uma rotatória quando houve a colisão.

Segundo a polícia, o vendedor, por motivos desconhecidos, atingiu a traseira do veículo da jovem. Com o impacto da batida, o Fiat/Palio foi lançado contra um poste de iluminação pública, sofrendo diversos danos, principalmente na parte dianteira.

Já o automóvel do autor perdeu o controle da direção e capotou em seguida. Ele conseguiu sair do interior do carro sem qualquer dificuldade e ferimentos. Ainda segundo o registro da ocorrência, o homem começou a caminhar desorientado, afastando-se do local. Uma testemunha ligou para o 190, da Polícia Militar, e informou sobre o ocorrido e ainda foi dando as informações para onde o vendedor ia.

Alguns minutos depois, uma viatura da PM conseguiu abordá-lo. Os policiais perceberam que o rapaz apresentava sinais de embriaguez e perguntaram a ele se havia ingerindo bebida alcóolica, informando que sim. O investigado foi convidado a fazer o teste do bafômetro, mas se recusou. Os PMs descobriram que ele estava com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vencida desde o último dia 05 de agosto e o licenciamento do carro atrasado.

A mulher que teve o carro atingido também não sofreu ferimentos. Por conta do acidente, as vias precisaram ficar parcialmente interditadas para o trabalho das equipes policiais e da perícia técnica. Por conta disso, o trânsito ficou bastante lento por alguns minutos.

PRISÃO
Diante de todas as circunstâncias, o vendedor foi encaminhado para a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento. Depois, ele foi até o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame clínico. O resultado mostrou que ele dirigia sob o efeito de álcool e não atestou embriaguez.

O delegado plantonista manteve a prisão em flagrante por embriaguez ao volante e estipulou fiança no valor de três mil reais ao indiciado, mas ele não pagou a quantia e, por esse motivo, permaneceu preso à disposição da Justiça. Durante o registro da ocorrência, os investigadores descobriram ainda que o homem tinha um mandado de prisão em aberto por 90 dias na Vara Cível de Mato Grosso.

O laudo da perícia deverá ficar pronto em até 30 dias para auxiliar nas investigações. A Polícia Civil abriu um inquérito pelo segundo distrito policial do município para dar andamento às apurações do caso. O veículo do vendedor teve que ser guinchado e encaminhado até um pátio da cidade.

Fonte: lr1

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.