Idoso morto em incêndio em asilo estava amarrado em poltrona atingida pelas chamas, diz polícia

Conselho Federal de Enfermagem afirma que esse é um procedimento comum, adotado em casos em que o paciente não consegue se manter sentado sozinho. Caso aconteceu em Rio Preto (SP).
09/09/2019 06:19 Policial
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O idoso que morreu em um incêndio no Lar São Vicente de Paulo, em São José do Rio Preto (SP), estava amarrado na poltrona que pegou fogo, informou a Polícia Civil. A morte de João Batista Pereira de Carvalho foi registrada na madrugada do dia 22 de agosto.

Segundo funcionários do local, ele estava sentado na poltrona onde o fogo começou, em um corredor externo, destinado para área de fumantes.

O Conselho Federal de Enfermagem afirmou que esse é um procedimento comum, adotado em casos em que o paciente não consegue se manter sentado sozinho.

A advogada da entidade disse que se tratava de uma restrição mecânica, que essa é uma prática comum, e que essa e outras informações de detalhes do incidente não foram passadas à imprensa anteriormente em respeito à família da vítima.

A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar a morte do idoso. Imagens de circuito de seguranças estão sendo analisadas para identificar o que teria causado o incêndio.

No dia do incêndio, outros 47 internos precisaram ser transferidos de ala. Duas enfermeiras que trabalhavam na casa de repouso precisaram ser levadas para uma unidade de pronto-atendimento depois de inalarem fumaça, mas já receberam alta e não correm risco de vida.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas foram controladas rapidamente e não se espalharam, mas João de Carvalho não resistiu.

Fonte: G1

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.