Condenado por homicídio é preso 21 anos após crime, ele também é condenado por tráfico de drogas em General Salgado

Cocaína Além da condenação por homicídio, preso também havia sido condenado a 24 anos e 6 meses de prisão, e 2001, por tráfico de drogas em General Salgado
30/08/2018 14:56 General Salgado
Festa ilustrativa
Festa ilustrativa

O comerciante Wilson Padilha Martins, 47 anos, também conhecido como Geminho, foi preso na tarde de terça-feira (28) pelo GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil de Araçatuba. Ele terá que cumprir pena de 8 anos e 2 meses de prisão por homicídio cometido contra Adão Reis Gomes, em novembro de 1997.

O réu, que em 2001 foi condenado a 24 anos e 6 meses de prisão por tráfico de drogas, havia recorrido da sentença em primeira instância do julgamento pelo Tribunal do Júri de Araçatuba. Só agora, 21 anos após o crime, a decisão transitou em julgado e o mandado de prisão foi expedido.

Ele, que mora no bairro Umuarama, foi preso por volta das 12h, na rua Rodolfo Miranda, no bairro Hilda Mandarino, quando saía da casa do pai dele. Os investigadores do GOE tinham ido até a casa do réu, mas como o carro dele não estava na garagem, foram à casa do pai dele e o surpreenderam. O condenado não tinha conhecimento do mandado de prisão.

Apresentado no plantão policial, após registro de boletim de ocorrência de cumprimento da prisão ele foi levado para a cadeia de Penápolis, onde aguardará vaga no sistema prisional.

Fonte: Folha da região/ Lázaro Jr.

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.