Esporte

Relembre a derrota do Brasil por 7 a 1 para a Alemanha, que completa seis anos (Vídeo)

A Seleção brasileira sofreu seu pior vexame na Copa de 2014, diante da Alemanha, na semifinal da Copa A Seleção brasileira sofreu seu pior vexame na Copa de 2014, diante da Alemanha, na semifinal da Copa

 

Para a semifinal contra a Alemanha, Felipão colocou Bernard para o lugar de Neymar e partiu com uma tática ofensiva. Nos minutos iniciais do confronto, o Brasil parecia encaixado, mas a situação mudou por completo. Aos dez minutos de jogo, Muller aproveitou escanteio cobrado por Toni Kroos e, livre dentro da área, chutou de primeira com o pé direito para abrir o placar.

O segundo gol alemão foi de Klose, aos 22 minutos. Ao marcar, o atacante não só deixou a Seleção em um total pane como também ultrapassou Ronaldo como o maior artilheiro da história da Copa do Mundo, com 16 gols. Dali em diante, foi uma chuva de gols para cima do goleiro Júlio César.

Kroos, duas vezes, e Khedira ampliaram para a Alemanha ainda no primeiro tempo. O Brasil sofreu quatro gols em um intervalo de seis minutos e foi para o intervalo perdendo por 5 a 0. Na segunda etapa, Schurrle marcou os últimos dois gols da equipe que viria a ser tetracampeã mundial, para a tristeza daqueles presentes no Mineirão. O gol de honra brasileiro foi de Oscar, aos 44 minutos.

Assim que o árbitro Marco Rodríguez apitou pela última vez, os jogadores da Seleção desabaram em lágrimas. David Luiz, que se tornou um dos "vilões" do vexame, precisou ser acalmado pelo capitão Thiago Silva, que estava suspenso e não participou da goleada. O Brasil ainda disputou o terceiro lugar com a Holanda, mas sofreu outra derrota vergonhosa, dessa vez por 3 a 0.

O 7 a 1 se tornou a maior goleada e o principal vexame da história da Seleção Brasileira, posto que antes pertencia ao episódio do "Maracanazo". Mesmo depois de seis anos, a eliminação para a Alemanha segue na mente dos torcedores brasileiros e é recordada eventualmente.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 X 7 ALEMANHA

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 8 de julho de 2014, terça-feira
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Marco Rodríguez (MEX)
Assistentes: Marvin Torrentera (MEX) e Marcos Quintero (MEX)
Cartão amarelo: Dante (Brasil)
Gols:
BRASIL: Oscar, aos 44 minutos do segundo tempo
ALEMANHA: Muller, aos dez, Klose, aos 22, Kroos, aos 23 e aos 25, e Khedira, aos 28 minutos do primeiro tempo; Schurrle, aos 23 e aos 33 minutos do segundo tempo

BRASIL: Júlio César; Maicon, David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo e Fernandinho (Paulinho); Bernard, Oscar e Hulk (Ramires); Fred (Willian)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

ALEMANHA: Neuer; Lahm, Boateng, Hummels (Mertesacker) e Howedes; Schweinsteiger e Khedira (Draxler); Muller, Kroos e Ozil; Klose (Schurrle)
Técnico: Joachim Low

Comentários