Serralheiro é morto a tiros após esfaquear esposa durante briga

12/03/2018 11:37 Brasil

O serralheiro Marcos de Souza Garcia, de 42 anos, foi morto a tiros, na madrugada desta segunda-feira (12), após esfaquear a esposa, uma calçadista, de 42, durante uma briga. O caso ocorreu no Núcleo Habitacional Ivone Alves Palma, em Birigui. A mulher permanece internada em observação e não corre risco de morte.

De acordo com o boletim de ocorrência, a calçadista estava no imóvel, que fica na rua José Buzelli, com o filho de 18 anos, quando Garcia chegou ao local embriagado e dizendo que a mulher estava tendo um relacionamento extraconjugal. Ele passou a agredir a vítima com socos e se apoderou de uma faca, golpeando-a na mandíbula.

TIROS
Neste momento, uma pessoa, que passou no local, atirou contra o serralheiro, que caiu na calçada na casa. O suspeito fugiu. A Polícia Militar esteve no local, encontrando a calçadista ferida na frente da casa. Ela e o marido foram levados pelo Resgate do Corpo de Bombeiros ao pronto-socorro, entretanto, o serralheiro, que disse aos PMs não saber quem era o autor dos disparos, não resistiu.

O filho da mulher disse aos militares que não viu a pessoa que atirou em Garcia. Buscas foram feitas na cidade, porém nenhum suspeito foi localizado e preso. A faca usada para ferir a mulher foi encontrada no quintal e apreendida, além de 15 pedras de crack que, segundo a calçadista, seriam do serralheiro.

IML
O corpo de Garcia foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Araçatuba, onde passaria por exames necroscópicos e depois seria liberado aos familiares para velório e sepultamento.

Fonte: Ivan Ambrósio / Folha da Região

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.