Morre Fábio Barreto, diretor do filme Lula, o Filho do Brasil

Cineasta de 62 anos estava em coma desde dezembro de 2009 após sofrer um acidente de carro em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro
22/11/2019 09:04 Brasil
Fábio Barreto era cineasta, produtor e roteirista / Foto: Agência Estado
Fábio Barreto era cineasta, produtor e roteirista / Foto: Agência Estado

O cineasta, produtor e roteirista Fábio Barreto, diretor dos filmes Lula, o Filho do Brasil (2009) e O Quatrilho (1995)., morreu nesta quarta-feira (20), no Rio de Janeiro, aos 62 anos. A informação foi confirma da pela Record TV.

Filho do também cineasta Luiz Carlos Barreto e da produtora Lucy Barreto, Fábio estava em coma desde dezembro de 2009, quando sofreu um acidente de carro em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro. Fábio Barreto era casado com a atriz Debora Kalume e tem quatro filhos.

Há dois anos, Lucy conversou com o R7 e contou que o filho permanecia "em estado de consciência mínima”. Segundo ela, as reações de Fábio não mostraram uma evolução mais significativa, apesar dos estímulos extracranianos elétricos realizados pelos médicos.

Em 1995, Fábio foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, por O Quatrilho, estrelado por Glória Pires, Patrícia Pillar e Gianfrancesco Guarnieri.

Antes, havia dirigido obras como Lambada (1991), Luzia Homem (1988), O Rei do Rio (1986) e Índia, a Filha do Sol (1984), além dos curtas Mané Garrincha (1978) e A Estória de José e Maria (1977).

Depois da indicação à estatueta mais cobiçada do cinema, dirigiu A Paixão de Jacobina (2002), Nossa Senhora de Caravaggio (2007), e Lula, o filho do Brasil (2009), que conta a a trajetória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Fonte: R7

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.