Produtores de café do Noroeste de SP esperam boa safra

Cultivo na região é feito principalmente por pequenos agricultores.
03/03/2019 16:01 Agricultura
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

David Zuim Júnior tem mais de dois mil pés de café em Cedral (SP). As plantas estão carregadas e indicam uma boa safra.

O produtor explica que investe em uma colheita diferenciada uma vez que tem uma lavoura praticamente orgânica. Os grãos não entram em contato com a terra, são deixados sobre um pano. A secagem é especial para valorizar o sabor da bebida.

O Brasil responde por 1/3 da produção mundial de café, ficando à frente de países como Vietnã e Colômbia. A atual safra, que começa a ser colhida em maio, deve abastecer 36% do mercado internacional, o equivalente a mais de 58 milhões de sacas de 60 quilos.

São Paulo é o terceiro maior produtor do país, com seis milhões de sacas. Isso significa cerca de 10% de toda a produção brasileira.

(Vídeo: veja a reportagem exibida no programa em 03/03/2019)

O cultivo de café no Noroeste Paulista já foi mais forte. Hoje, a região de São José do Rio Preto (SP) tem pouco mais de 350 hectares em produção e deve colher 5,3 mil sacas.

A maioria desses cafezais pertence a pequenos produtores. Antônio Rossi tem sete mil pés da variedade icatu no município de Mirassolândia (SP). Ele e a mulher cuidam da plantação. A previsão é começar a colher em abril.

O agrônomo Carlos Roberto Geraldo explica que a safra este ano deve ser boa, mas um pouco abaixo do esperado pelos produtores. O calor entre dezembro e fevereiro prejudicou parte dos frutos.

Valdemir de Jesus Moci, agricultor de Potirendaba (SP), torce por preços superiores a R$ 150 por saca de café em coco. Só assim, segundo ele, daria para cobrir os custos com adubação e irrigação.

Acesse + TV TEM | Programação | Vídeos | Redes Sociais

Fonte: G1

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.